Perante tantas certezas incertas estamos todos nós a confrontar a uma realidade que um vírus fez quase tudo parar.
Estávamos habitulados a ritmos bem mais do que acelarados, muito egoisticamente fechados e valores um tanto ou pouco ultrapassados e totalmente desajustados.
É imperioso sabermos adaptar e enfrentar todos os nossos medos e receios e demais anseios. Mas como é que realmente iremos conseguir?
Sozinhos nunca o iremos vencer….
A única certeza que realmente podemos ter é que só todos juntos iremos prevalecer, através de valores por alguns de nós esquecidos ( amor ao próximo, espírito de ajuda, solidariedade e camaradagem), sem sombra de dúvida que iremos vencer.
A todos aqueles que têm estado longe mas perto, digo-vos isto como certo: agradeço-vos do fundo do coração, pois vocês sabem muito bem quem são.
Hoje o meu padrasto fez 86 anos e telefonicamente rimos, beijamos e nos abraçamos e quase choramos.
Á minha Mãe Joana, que todos os dias falo com ela, muita dificuldade tenho eu em explicar que não vou poder estar conjuntamente com ela e os anos dela festejar.
Apenas um conselho deixo. A todos aqueles que tenham questões mal resolvidas ( com familiar, amigo ou seja quem for), resolvam de uma vez por todas, para quem assim escrevam páginas bem mais alegres das vossas vidas.
Daqui a um mês é o meu aniversário e apenas levanto uma única questão: será que irei conseguir unir a uma mesa um grande grupo de amigos e não só? Ou então unicamente e fisicamente solitário , porque sozinho nunca o verdadeiramente estou . Para além de Deus e os meus 21 anjos, tenho-vos a vós amigos, longe mas perto, de uma onda de solidariedade e fraternidade que transpõe qualquer barreira da nossa pouca liberdade….
#alltogether
#stayhome
#united

March 25, 2020